Histórico
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 17/12/2006 a 23/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 06/08/2006 a 12/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 23/07/2006 a 29/07/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 20/11/2005 a 26/11/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 18/07/2004 a 24/07/2004
 11/07/2004 a 17/07/2004
 04/07/2004 a 10/07/2004
 27/06/2004 a 03/07/2004
 20/06/2004 a 26/06/2004
 13/06/2004 a 19/06/2004


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Apenas Meus Poemas
 Blog do Tubão
 Blogless
 Cantinho da Carol
 Cantinho de uma Mente Perturbada
 Daniela
 Diário da Tina
 Elegias & Tristes Poesias
 Escrevinhadores
 Fala Poética
 Força do Amor
 Idéias Grafadas
 Jacqueline
 Kall
 La Vie en Rose
 Letras Descompassadas
 Mata Hari & 007
 Meio da Ponte
 O Mundo de Penélope Charmosa
 Pequenos Textos Bucólicos
 Perfumaria
 Pétalas de Mulher
 Poemeu
 Scarface Sampa
 Semeando Palavras
 Templo das Almas
 Tristes Elegias
 Vale da Solidão
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
 
Poemas, Poesias e Elegias - Tomo I


Hoje é sexta-feira e amanhã é sábado. Amanhã, finalmente, vou me mudar para a minha casa nova. Hoje acordei de bom humor! Acordei com os dois pés, hehehehehe, mas de bom humor! Estou subindo para o primeiro andar, saindo da casa da Sogra para a minha própria casa. Lá, terei o meu estúdio, onde vou poder ficar tocando, compondo e escrevendo poesia. Onde vou poder ouvir meus CD's de música clássica e de Rock! Lá, finalmente, vou ter INTERNET EM CASA!!! Acho que preciso mandar arrumar o meu computador...

SÁBADO

José Infante Néto

 

Eu tava no banheiro,

debaixo do chuveiro,

lavando as orelhas,

tirando a sujeira,

lavando minhas mãos,

me esfregando com sabão,

quando algo me assustou:

foi a água que acabou!

 

Eu tô aqui pelado,

corpo todo ensaboado.

Não tem água na torneira,

vou ver se tem na geladeira,

mas alguém bebeu tudinho,

não sobrou nenhum restinho!

Meus olhos tão ardendo demais,

inclusive o lá de trás.

 

Na toalha enrolado,

vou saindo envergonhado.

Peço ajuda na casa ao lado

e sou chamado de tarado!

A polícia apareceu

e com carinho me prendeu.

Já na delegacia

vão me dar uma ducha fria:

finalmente um ponto final

no meu banho semanal!

 

Um bom final de semana para todos, com grandes realizações e... VaLeU!

 



Escrito por Aqueta às 07:48
[ ] [ envie esta mensagem ]



Pilhas e pilhas de processos sobre minha mesa. O serviço não se acumula, todavia estou me afogando em meio a tanto trabalho... Enquanto isso, fiquem com os poemas que eu não gostei:

PALAVRAS ENGASGADAS

José Infante Néto

 

Palavras nem sempre são realidade,

nem sempre transmitem a verdade.

Palavras podem transmitir uma ilusão,

forjando uma falsa solução.

 

O Poeta escreveu tantas palavras,

que não passaram de ficção,

para muitos uma história

escrita e vivida pelo coração.

 

Porém, essas palavras nada são

além da dor da decepção.

Palavras que enganaram o coração

e tornaram ainda maior a desilusão...

 

Ainda fico a escutar o eco

das últimas palavras que dissemos...

Aqui dentro, palavras engasgadas,

jamais serão pronunciadas...

VaLeU!



Escrito por Aqueta às 10:45
[ ] [ envie esta mensagem ]



Bom dia! Sem enxaqueca, a vida continua... Semana de muito trabalho pela frente, mas vamos que vamos (nossa, isso é velho!)...

MUNDO IDEALIZADO

José Infante Néto

Queria que fosse diferente
esse mundo da gente.
Um mundo com mais poesia,
sem precisar chegar à utopia.
Bastaria refazer conceitos
e desfazer preconceitos.
A arte bem trabalhada
poderia ser melhor admirada.
Em um mundo sem ciúmes do coração,
sem disputas por paixão,
ousaria eu escrever os versos de amor
que um dia você almejou.
E, quem sabe, neste mundo idealizado
eu não tivesse o mesmo desejo realizado
de ser o homem inspirador
de um belo poema de amor!

 

 



Escrito por Aqueta às 07:34
[ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]